Quinta, 30 Junho 2022
Vitor Taveira

Famílias da Ocupação Chico Prego são novamente ameaçadas de despejo

Prefeitura de Vitória continua sem oferecer lares digno para moradores e Justiça autoriza uso de força policial 

MST-ES

Suspensão de reintegração de posse mantém 540 pessoas em área de Linhares

Reivindicado pela Suzano, terreno abriga um acampamento do MST, que produzir e distribui alimentos orgânicos

Foto: Vitor Taveira

Reintegração de posse determina que famílias deixem ocupação no Romão

Medida tomada pela prefeitura de Vitória atinge 21 famílias, que não têm para onde ir

Divulgação

Justiça determina tratamento humanizado a famílias removidas de área reintegrada

Decisão que envolve a Suzano e o MST atende a agravo da Defensoria Pública, que reconhece importância do precedente aberto no TJES

Foto leitor

Justiça federal reconsidera decisão e retira famílias de ocupação próxima a Itaúnas

Fibria (Suzano) conseguiu reintegração de posse ao se comprometer em preservar as comunidades quilombolas

Divulgação

Conceição da Barra: ocupações podem sofrer despejo em fevereiro

Invasão massiva tem acontecido em áreas reconhecidas como quilombolas, mas reivindicadas pela Suzano

Pedro Magalhães

Vale da Conquista: a ocupação quer ser novo bairro de Vila Velha

Próximo a Terra Vermelha, 89 famílias estão à espera de desapropriação para garantir seu direito à moradia

Divulgação

Lentidão na titulação de terras deixa quilombolas perto de despejo no norte do Estado

São quase 100 famílias atingidas por reintegração de posse da Suzano nas áreas de "retomada"

Brigadas Populares

Prefeitura de Vitória consegue despejo da Casa Resistência Urbana

Além de abrigar famílias, ocupação serve para articulações e reuniões do movimento de luta por moradia