Dólar Comercial: R$ 5,02 • Euro: R$ 6,11
Segunda, 18 Janeiro 2021

'Ônibus sairão da garagem somente com cobradores', avisa Sindirodoviários

onibus_transcolCreditosGVBus GV Bus

Na próxima segunda-feira (4), os ônibus convencionais do Sistema Transcol saem das garagens somente com os cobradores. É o que garante o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Espírito Santo (Sindirodoviários), em nota divulgada nas redes sociais. Os profissionais estão há sete meses afastados de suas atividades, por determinação do governo do Estado.

O diretor da entidade, Valdecy Dulcilina, afirma que os cobradores teriam que voltar à função em 2021, entretanto, o secretário de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, já informou que eles terão que assumir outros postos de trabalho. 

O sindicato convoca os cobradores a comparecer à garagem às 4h de segunda-feira e ressalta que "o retorno dos cobradores é fato inegociável". 

A suspensão das atividades dos cobradores nos ônibus convencionais foi efetuada em maio deste ano, pelo prazo de 60 dias, que foi estendido até 31 de dezembro de 2020. Valdecy recorda que o argumento do governo para a impossibilidade de retorno é a pandemia da Covid-19, que requer que as pessoas evitem a utilização de dinheiro, devendo circular no transporte público com cartão. A entidade questiona a medida, já que não há restrição de utilização de dinheiro no comércio, por exemplo. 

Ele também faz críticas à decisão de limitar o pagamento da passagem à utilização de cartão. "Muitas vezes a pessoa entra no ônibus com dinheiro no bolso, mas sem cartão. Aí não pode prosseguir, tem que descer, fica com raiva do motorista. As pessoas, inclusive, estão tendo dificuldade para recarregar cartão. O número de acidentes também aumentou, pois o cobrador normalmente auxilia o motorista, sem cobrador a coisa fica mais difícil", declara. 

Outro questionamento é em relação à afirmação de que os cobradores terão que assumir outros postos. "O secretário não diz quais postos. Qual função? Não tem função para todos. Muitas exigem uma qualificação que os cobradores não têm, como de mecânico e eletricista", destaca.

De acordo com ele, cerca de 200 trabalhadores que atuam nos ônibus com ar- condicionado estão com seus empregos garantidos até o final de 2021, entretanto, mais de três mil temem perder seus empregos, pois acreditam que a intenção do Governo do Estado é que os trabalhadores não retornem às atividades.

A permanência até o final de 2021 foi garantida por meio de audiência entre o Sindirodoviários, Justiça do Trabalho, Ministério Público do Espírito Santo (MPES), Governo do Estado e empresas de ônibus, ocorrida em maio deste ano, na qual ficou acordado que o governo garantiria 20 meses de estabilidade para os cobradores do Sistema Transcol.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários: 13

Tá no preto em Sábado, 02 Janeiro 2021 09:22

Tá agora a pergunta!!
Cobradores para cobrar o que ???
Obs:todos com ( cvt)

Tá agora a pergunta!! Cobradores para cobrar o que ??? Obs:todos com ( cvt)
Maria de fatima Reynaud em Domingo, 03 Janeiro 2021 08:53

Cobradores de ônibus sim cartão esta uma bagunça tenho que sair andar Vitória toda pra colocar créditos neste cartão

Cobradores de ônibus sim cartão esta uma bagunça tenho que sair andar Vitória toda pra colocar créditos neste cartão
Leonardo em Domingo, 03 Janeiro 2021 09:52

Difícil esses caras entenderem que a profissão deles será instinta. Não existe mais necessidade de cobrador...

Difícil esses caras entenderem que a profissão deles será instinta. Não existe mais necessidade de cobrador...
Gilberto g Santos em Domingo, 03 Janeiro 2021 11:42

O processo e sem volta, fui cobrador por Anos e realmente não vi diferença sem nossa atividade..e um processo natural em várias profissões

O processo e sem volta, fui cobrador por Anos e realmente não vi diferença sem nossa atividade..e um processo natural em várias profissões
Mere em Domingo, 03 Janeiro 2021 12:24

Acho que é muita Responsabilidade para o Motorista!
Ele tem que dirigir, conferir se pessoas tão dentro do ônibus e não na porta, pessoas com cabeça fora da janela, parar, descer p colocar cadeirantes e ainda aguentar os chingamentos e ignorâncias de Passageiros
Sou a favor dea Volta dos Cobradores
E não pensaram nas Pessoas que vem de cidades que não são da Grande Vitória e não tem CARTÃO

Acho que é muita Responsabilidade para o Motorista! Ele tem que dirigir, conferir se pessoas tão dentro do ônibus e não na porta, pessoas com cabeça fora da janela, parar, descer p colocar cadeirantes e ainda aguentar os chingamentos e ignorâncias de Passageiros Sou a favor dea Volta dos Cobradores E não pensaram nas Pessoas que vem de cidades que não são da Grande Vitória e não tem CARTÃO
Arão Lima em Domingo, 03 Janeiro 2021 12:32

É, assim como os ferreiros e outras atividades a tendência da TI é diminuir e muito alguns postos, profissões, ramos de atividades... Mas como diz Edgar Morin em seu Livro, entre aspas, " Ciência com consciência" é preciso muita análise, avaliação, reflexão ... Sobre os avanços científicos, suas causas, efeitos, complexidades... Porquê os oportunistas, hipócritas, mesquinhos, muquiranas, enganadores ... É uma classe que também vai ter que se rever, aperfeiçoar, melhorar, evoluir, crescer, conscientizar ... Pra também se manter. Nada Pessoal

É, assim como os ferreiros e outras atividades a tendência da TI é diminuir e muito alguns postos, profissões, ramos de atividades... Mas como diz Edgar Morin em seu Livro, entre aspas, " Ciência com consciência" é preciso muita análise, avaliação, reflexão ... Sobre os avanços científicos, suas causas, efeitos, complexidades... Porquê os oportunistas, hipócritas, mesquinhos, muquiranas, enganadores ... É uma classe que também vai ter que se rever, aperfeiçoar, melhorar, evoluir, crescer, conscientizar ... Pra também se manter. Nada Pessoal
Alaide Rocha em Domingo, 03 Janeiro 2021 16:07

Os contadores são d grande serventia pra nós passageiros, até para os deficientes eles tem muita prioridade.Q volta mesmo, afinal a gente acaba fazendo boas amizades também.

Os contadores são d grande serventia pra nós passageiros, até para os deficientes eles tem muita prioridade.Q volta mesmo, afinal a gente acaba fazendo boas amizades também.
Johnson em Domingo, 03 Janeiro 2021 23:02

A cada dia que passa esta diminuindo o contato e relações humanas. E esse afastamento seria mais um entre tantos.

A cada dia que passa esta diminuindo o contato e relações humanas. E esse afastamento seria mais um entre tantos.
Daniela em Domingo, 03 Janeiro 2021 23:16

Eu acho que os cobradores poderiam voltar as suas atividades,tem horas que é uma dificuldades de botar crédito no cartão

Eu acho que os cobradores poderiam voltar as suas atividades,tem horas que é uma dificuldades de botar crédito no cartão
Isabela em Domingo, 03 Janeiro 2021 23:56

Vai ter protesto? Os ônibus vão parar nessa segunda?

Vai ter protesto? Os ônibus vão parar nessa segunda?
Cristiane em Segunda, 04 Janeiro 2021 01:08

e também é muito ruim pra quem tem crianças e pra evitar que ninguém entre pela porta de trás inclusive para preservar o próprio trabalho o motorista acaba não abrindo e tem veses que vai descer várias pessoas e o motorista como não consegue observar muito acaba fechando a porta,e isso é um perigo principalmente para crianças né gente?e outra ,esses cobradores e cobraras estão precisando retornar pois tem família, e o número de desempregados só está aumentando às coisas só indo de mal a pior,misericórdia, que voltem os cobradores

e também é muito ruim pra quem tem crianças e pra evitar que ninguém entre pela porta de trás inclusive para preservar o próprio trabalho o motorista acaba não abrindo e tem veses que vai descer várias pessoas e o motorista como não consegue observar muito acaba fechando a porta,e isso é um perigo principalmente para crianças né gente?e outra ,esses cobradores e cobraras estão precisando retornar pois tem família, e o número de desempregados só está aumentando às coisas só indo de mal a pior,misericórdia, que voltem os cobradores
Patricia queiroz em Segunda, 04 Janeiro 2021 08:12

Eu concordo com a volta dos cobradores .nao concordo com a desculpa da pedemia pois os onibus so andao lotado. Falao evitar movimentacao com dinheiro como se supermecado ,padaria ,farmacia. Todos usa dinheiro muitas vezes o cartao acaba e o motorista deixa agente do lado de fora do terminal. Agente precisa de dinheiro pra carregar o cartao. Voto a favou dos cobradores volta

Eu concordo com a volta dos cobradores .nao concordo com a desculpa da pedemia pois os onibus so andao lotado. Falao evitar movimentacao com dinheiro como se supermecado ,padaria ,farmacia. Todos usa dinheiro muitas vezes o cartao acaba e o motorista deixa agente do lado de fora do terminal. Agente precisa de dinheiro pra carregar o cartao. Voto a favou dos cobradores volta
Vinicius em Terça, 05 Janeiro 2021 00:23

1. Os cobradores foram demitidos para ampliar a margem de lucros das empresas e, por conseguinte, dos empresários do transporte de passageiros na Grande Vitória.
2. O desemprego estrutural do cobrador onera, além do dito cujo, o motorista e o passageiro. Sem salário, os cobradores deixa de levar comida para as suas famílias. Sem o cobrador o motorista trabalha muito mais. Precisa de mais atenção na direção; na abertura e fechamento de portas; operar a plataforma, para subir e descer com paraplégicos; nalguns casos, cobrar passagens, dar informação aos passageiros... O passageiro, não pode embarcar e transpor a roleta sem o cartão, nem pode pagar a passagem sem o mesmo, nem se tiver dinheiro na carteira. Se não souber o trajeto, não há como no mesmo, sem o cobrador...
3. A covid-19 foi usada como uma desculpa idiota para a demissão dos cobradores e para impedir a greve dos sindirodoviários. O cobrador não pode receber dinheiro?! Mas a farmácia, a padaria, o supermercado, a mercearia, o açougue, a papelaria, o boteco, o uber, o ifood etc; podem.
4. Com a substituição dos cobradores pela roleta eletrônica, a passagem não caiu, o transporte público não melhorou. A gente continua indo e vindo em pé e "plantado no chão", esperando ônibus que demora a passar, principalmente em horários não comerciais...

1. Os cobradores foram demitidos para ampliar a margem de lucros das empresas e, por conseguinte, dos empresários do transporte de passageiros na Grande Vitória. 2. O desemprego estrutural do cobrador onera, além do dito cujo, o motorista e o passageiro. Sem salário, os cobradores deixa de levar comida para as suas famílias. Sem o cobrador o motorista trabalha muito mais. Precisa de mais atenção na direção; na abertura e fechamento de portas; operar a plataforma, para subir e descer com paraplégicos; nalguns casos, cobrar passagens, dar informação aos passageiros... O passageiro, não pode embarcar e transpor a roleta sem o cartão, nem pode pagar a passagem sem o mesmo, nem se tiver dinheiro na carteira. Se não souber o trajeto, não há como no mesmo, sem o cobrador... 3. A covid-19 foi usada como uma desculpa idiota para a demissão dos cobradores e para impedir a greve dos sindirodoviários. O cobrador não pode receber dinheiro?! Mas a farmácia, a padaria, o supermercado, a mercearia, o açougue, a papelaria, o boteco, o uber, o ifood etc; podem. 4. Com a substituição dos cobradores pela roleta eletrônica, a passagem não caiu, o transporte público não melhorou. A gente continua indo e vindo em pé e "plantado no chão", esperando ônibus que demora a passar, principalmente em horários não comerciais...
Visitante
Segunda, 18 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection