Dólar Comercial: R$ 5,76 • Euro: R$ 6,72
Quinta, 29 Outubro 2020

Ação e reação


 
Mesmo que tudo acabe em flores, o racha no PDT divulgado pelo jornal A Tribuna mostra que o ex-prefeito da Serra Sérgio Vidigal já não é mais unanimidade no partido. Agora tem debate. A reação do vice-presidente da sigla, deputado estadual Da Vitória, sobre a polêmica da entrega dos cargos no governo Renato Casagrande, está aí para provar. Da Vitória peitou Vidigal no processo. Ele reafirma seu compromisso com Casagrande e considera os movimentos de Vidigal claros indicativos de aliança com o ex-governador Paulo Hartung (PMDB). O deputado que reage é o mesmo considerado o único com reeleição garantida no partido e que irá puxar os demais candidatos. Já Aparecida Denadai e Euclério Sampaio, que defendem o mesmo que Vidigal, estão fechados com Hartung não é de hoje. O que parece mesmo é que há uma dose de “fundo serrano” na história. Diante da imprudência política do PSB de colocar o prefeito Audifax Barcelos (PSB) para puxar a campanha de Eduardo Campos no Estado, houve uma antecipação da disputa municipal de 2016. Vidigal firma compromisso com Hartung agora, para receber apoio lá na frente. A previsão é de reações semelhantes em outros partidos, nesse embate de forças entre Hartung e Casagrande. É só o começo.
 
Tiro no pé
A propósito, a saída de Iranilson Casado da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano coloca em risco a reeleição de toda bancada do PDT. Em tempos de eleição, pasta é estratégica.
 
Já vi esse filme
Hartung conseguiu emplacar mais uma daquelas notinhas na imprensa nacional. Está na coluna Cláudio Humberto desta segunda-feira (21): “tentando conter debandada de prefeitos pró-Paulo Hartung, o governador Renato Casagrande almoçou com sete prefeitos da região metropolitana e com a Associação de Municípios do ES”. O título? Sob pressão. 
 
Detalhe...
Considerando que o único encontro dos últimos dias com essas características foi o articulado pelo prefeito Gilson Daniel (PV), as informações não batem. O número de prefeitos que compareceram foi o dobro – 14 de 20 convidados. Isso mesmo com as investidas de Hartung para esvaziar o almoço. E Casagrande não estava lá. 
 
Missão 
O prefeito de Vila Velha, Rodney Miranda (DEM), está num esforço danado para fazer as pazes com seus eleitores. Político de gabinete, que não se mistura com o povo, agora decidiu abraçar as ruas. Coincidentemente, sempre nas áreas mais afetadas pelas chuvas no município. Onde estão os mais revoltados com sua gestão, desde a fatídica viagem a Nova Iorque.
 
Missão II
Nesse sabadão de feriado, Rodney esteve no Canal Guaranhuns, na rodovia Carlos Lindenberg e no bairro Cobilândia. Na região de Guaranhuns, a situação está feia para o lado do prefeito. Aliás, não só lá. Está cada vez mais difícil Rodney mostrar a que veio no comando do município canela-verde. 
 
Foi além
O deputado federal César Colnago (PSDB) não ficou satisfeito em prestar contas de seu mandato naqueles eventos que são fichinhas no Estado. Repetiu tudo em um informativo disponível nas redes sociais. Ano eleitoral, sabe como é...
 
Fora da lista
Por falar no ninho tucano, matéria que anuncia encontro da executiva nacional com dirigentes regionais divulgada no site do partido diz assim: “hoje 80% dos estados brasileiros, dos palanques do PSDB, já estão consolidados e são extremamente competitivos”. Palavras do presidenciável Aécio Neves. Guerino Balestrassi certamente faz parte dos 20% restantes. 
 
No encalço
O vereador da Serra Gideão Svensson (PR) virou o calo no sapato do prefeito Audifax. De vez em sempre, mira o alvo na gestão socialista. Agora quer saber onde foi parar o dinheiro para as obras do Hospital Materno Infantil. Para isso, sugere abertura de uma CPI na Câmara.
 
No encalço II
Gideão diz que a parte da verba federal no contrato, R$ 25 milhões, já está na conta da prefeitura. Já a prefeitura garante que o projeto será revisto. O caso será investigado pelo Ministério Público Estadual (MPES).
 
Insegurança
Bombeiros e policiais do Estado voltaram a protestar na Praia de Camburi, em Vitória, nesse domingo (20). Com cruzes fincadas na areia, alertaram sobre os 478 homicídios registrados neste trimestre pelo governo do Estado, um aumento de 12,5% em relação ao mesmo período do ano passado. A categoria há meses denuncia carga excessiva de trabalho e ausência de uma política de segurança. Casagrande que se cuide...
 
140 toques
“O ex-governador Paulo Hartung está se desligando dos Conselhos de Administração da Veracel e da holding da EDP. Para bom entendedor...” (Ex-secretário de Estado de Governo Robson Leite – no Twitter).
 
PENSAMENTO:
“Se eu tivesse meu tempo de volta, faria a mesma coisa novamente”. Nelson Mandela 

Veja mais notícias sobre Colunas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 29 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/

No Internet Connection