Sábado, 15 Junho 2024

Cris da Saúde é confirmada como vice de Luiz Capinzal em Marataízes

luiz_cris_divulgaca_20240328-135045_1 Divulgação

A secretária de Saúde de Marataízes, no litoral sul do Estado, Cristiane França (PSB), também conhecida como Cris da Saúde, entrará como vice na chapa do pré-candidato a prefeito Luiz Almeida (Republicanos), o Luiz Capinzal. Sua exoneração do cargo foi publicada no Diário Oficial nessa quarta-feira (27), e a confirmação de que seria indicada como vice ocorreu no fim da tarde, pelas redes sociais.

Divulgação

A informação de que o atual prefeito, Tininho Batista (PSB), articulava uma chapa conjunta com os dois surgiu ainda no fim do ano passado. Na época, especulava-se que a secretária de Saúde pudesse, inclusive, encabeçar a chapa, mas pesou a favor de Luiz a sua trajetória política mais extensa.

A proximidade entre Cris da Saúde e Tininho é anterior à sua gestão na Prefeitura de Marataízes – as famílias dos dois são da mesma região no interior do município. Desde o primeiro mandato do atual prefeito, Cristiane já ocupou mais de um cargo no Poder Executivo, tendo sido também secretária de Governo e de Educação.

Já Luiz Capinzal é filho do ex-vereador Aldelino Marques de Almeida e está em seu quinto mandato no parlamento municipal. Ele foi presidente da Câmara de Marataízes entre 2021 e 2022 e entre 2009 e 2010, e primeiro-secretário de 2007 a 2008. Agricultor da comunidade de Capinzal, no interior do município, também já ocupou a Secretaria Municipal de Agricultura. Seu nome não é um consenso na base do prefeito, mas Tininho tem reiterado sua escolha em meio a boatos sobre uma possível mudança.

Junto a Cristiane, foram exonerados os secretários municipais de Assistência Social, Habitação e Trabalho, Albérico Pereira de Souza; e de Defesa Social e Segurança Patrimonial, Weliton da Silva, além de outros nomes da administração municipal. Ambos deverão se candidatar à Câmara de Vereadores nas eleições municipais de outubro.

Apoio do PT

A chapa de Luiz e Cristiane terá o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT). A decisão foi tomada na noite dessa segunda-feira (25), em reunião do diretório. Parte dos filiados manifestava resistência em apoiar Luiz, considerado bolsonarista, mas a direção aproveitou a ausência de alguns militantes – sobretudo daqueles ligados à tendência interna Resistência Socialista – para fazer valer a vontade.

Atualmente, o PT de Marataízes está na base do prefeito Tininho, que foi petista no passado, tendo inclusive presidido o diretório municipal. João Antonio Neto, presidente da sigla em Marataízes na atualidade, é um aliado de Tininho e já ocupou várias secretarias municipais durante sua gestão. Chegou-se a cogitar, inclusive, a possibilidade de o próprio PT indicar o vice da chapa de Luiz.

Junto ao PT, a chapa de Luiz Capinzal e Cris da Saúde deverá ter entre seus apoiadores as demais siglas que compõem a Federação Brasil da Esperança: Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e Partido Verde (PV). A informação é de que os dois partidos estão enfraquecidos no município atualmente.

Outros pré-candidatos

Os demais pré-candidatos a prefeito em Marataízes também têm intensificado suas articulações. Toninho Bitencourt (Podemos), ex-prefeito que ficou em segundo lugar na eleição de 2020, é quem mais tem agregado apoiadores. Nas últimas semanas, tem dialogado bastante com o vereador Willian Duarte (PSDB), que vinha se colocando como pré-candidato a prefeito, e o empresário Breno Nilregi (PRD), dono de uma das maiores redes de padarias do município.

Nilregi, aliás, recebeu expressiva votação em sua candidatura a deputado federal em 2022 e chegou a ser cogitado como pré-candidato a prefeito. Depois, declarou apoio à pré-candidatura do também empresário Júnior do Jucy, que acabou não vingando.

Por sua vez, Jaiminho Machado (PDT), vice-prefeito rompido com Tininho, também tem tentado conseguir apoios de peso. Fontes ligadas a ele afirmam que o vice-prefeito conseguiu se articular com o Progressistas (PP), de Theodorico Ferraço, deputado estadual e ex-prefeito de Cachoeiro de Itapemirim que mora em Marataízes atualmente. Seu grupo também aposta em uma queda do favorito Toninho, como ocorreu em outras eleições.

O produtor cultural Guilherme Nascimento (Psol), conhecido por seu trabalho na Casa Roxa, também segue firme com sua pré-candidatura a prefeito de Marataízes. Entretanto, o foco principal é estruturar o Partido Socialismo e Liberdade (Psol) na cidade do litoral sul, tendo em vista que o diretório municipal foi criado recentemente.

'Quero continuar o trabalho do prefeito Tininho'

Pré-candidatura de Luiz Vereador terá o apoio do atual chefe do executivo de Marataízes em 2024
https://www.seculodiario.com.br/politica/quero-continuar-o-trabalho-do-prefeito-tininho

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/