Sexta, 28 Janeiro 2022

Juventude negra puxa manifestação 'Fora Bolsonaro' no próximo dia 20

forabolsonaro_fejunes_divulgacao Divulgação

"Infelizmente, estamos vivendo um grande desastre", disse Felipe Lima, presidente do Fórum Estadual da Juventude Negra no Espírito Santo (Fejunes), ao confirmar para o próximo sábado (20) as comemorações do Dia da Consciência Negra. Neste ano, o evento puxará o "Fora Bolsonaro", movimento que reúne entidades de trabalhadores e estudantis e vem promovendo manifestações ao longo do ano contra o atual governo.

A concentração está prevista para a praça de Gurigica, em Vitória, com acesso pela avenida Leitão da Silva, a partir das 15 horas. De lá, a passeata sairá em direção à praça de Itararé, onde haverá discursos e apresentações culturais, com o foco em questões que mais tocam a sociedade brasileira e que atingem, principalmente, as regiões de periferia.

Desemprego, alimentação e fome serão temas abordados nas bandeiras de luta do evento, que, segundo Felipe, é apartidário. "Basta olhar no cotidiano das periferias para ver pessoas morando na rua, sem emprego, com fome", registra Felipe, que, além de presidente da Fejunes, é estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Ao analisar o cenário atual, Felipe afirma: "Concluímos que acabar com essa situação nunca foi o objetivo desse governo".

O evento abordará, além desses temas, a necessidade de tirar Bolsonaro do poder, considerando o descaso do governo no combate à pandemia do coronavírus, o corte de recursos financeiros para a educação, saúde e outros setores vitais, como a segurança pública, em especial o extermíínio de jovens negros. 

Inicialmente, a previsão era promover mais uma manifestação geral da campanha "Fora Bolsonaro" nesta segunda-feira (15), feriado comemorativo da Proclamação da República. Mas os organizadores do evento acertaram alterar a data e juntar-se aos atos do outro evento. 

Clemildes Cortes Pereira, presidente estadual da Central Única dos Trabalhadores (CUT), explica: "A gente trabalha na mobilização junto com o Fejunes e vamos fortalecer a Marcha da Juventude Negra", disse. A dirigente sindical aponta que outras centrais deverão comparecer, como das manifestações anteriores da Campanha Fora Bolsonaro.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários: 2

Seu Madruga em Sexta, 12 Novembro 2021 21:17

Esses aí preferem o chefe de quadrilha Luladrão no governo. NUNCA MAIS.

Esses aí preferem o chefe de quadrilha Luladrão no governo. NUNCA MAIS.
Agmarcarioca amigo do mito em Quarta, 17 Novembro 2021 19:01

Sem noçao procura trabalho,e estuda mito 2022,quer almoçar com o mito dia 26 ,11,2021 as 14,30 na Brigada paraquedista no jubileu no Rio de Janeiro

Sem noçao procura trabalho,e estuda mito 2022,quer almoçar com o mito dia 26 ,11,2021 as 14,30 na Brigada paraquedista no jubileu no Rio de Janeiro
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/