Terça, 16 Agosto 2022

Capítulos sem fim

carlossiqueira_PSB PSB
PSB

Entra semana, sai semana, e nada do impasse entre o PSB e o PT sobre os palanques estaduais se resolver. Muitos prazos adiados depois, a Nacional do partido do governador Renato Casagrande decidiu, nessa segunda-feira (27), só negociar agora em bloco, com vários estados ao mesmo tempo. Sob comando de Carlos Siqueira, o PSB avisou que não haverá mais conversas individuais, nem mesmo sobre a questão principal, da candidatura de Márcio França em São Paulo. A legenda sinaliza, desta forma, que poderá usar o trunfo da retirada do nome em favor de Fernando Haddad, para definir os palanques ainda emperrados e que são prioritários, como o de Casagrande, que também participou da reunião. O governador tem no cangote o senador Fabiano Contarato (PT), projeto defendido pela militância e executiva estadual. A contrapartida da saída dele de campo é considerada mínima pelos petistas: a declaração de voto em Lula, sem abrir, porém, para candidaturas ao Senado e de vice. Para quem já esperou tanto por uma definição, o jeito, pelo visto, é até se sentar. A atual mudança de estratégia deve avançar mais alguns dias o desfecho do imbróglio. Nesta quinta-feira (30), os dois partidos abrem mais uma mesa de negociação. Se desenrolar o cenário em São Paulo, a saída de França vai entrar na conta para cobrar do PT apoios no Espírito Santo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Há problemas também no Acre, em Santa Catarina e no Rio Grande do Norte. Mas, aí, já se fala em um novo prazo: 19 de julho, na beira do início das convenções. E segue a novela...

Dindim
Outro ponto que ecoou da reunião do PSB, divulgado pela imprensa nacional, foi a divisão das verbas do partido. A maior fatia irá para as candidaturas a deputado federal e estadual, somando R$ 215 milhões. Governador e senador terão R$ 54 milhões. Bom para os candidatos das proporcionais da legenda no Estado? Veremos...

Entrelinhas
Outro dia, Contarato postou foto ao lado da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, a quem também cabe essa missão de resolver os palanques estaduais, com mensagem sugestiva: "Juntos por um Espírito Santo e um Brasil mais justos e igualitários!".

Sem divisões
Gleisi, no entanto, vem defendendo aliança do PT com o PSB em todos os estados, sem divisões, para enfrentar o cenário de polarização instalado no País, com reprodução nas disputas nos estados. No caso do Espírito Santo, até que se prove o contrário, isso significa abrir mão de Contarato.

Convence?
Em tempos de crises no Republicanos sobre "ser conservador", por conta das declarações do ex-prefeito de Colatina Sergio Meneguelli, o candidato do partido ao governo, deputado estadual Erick Musso, explorou em sua campanha o "jeito Republicanos de governar". A listinha tem...

Convence II?
..."liberdade econômica; soberania nacional; valores cristãos; família como alicerce; apoia a indústria brasileira e sua competitividade; e defende a ampliação das relações comerciais dentro e fora do País".

Cadê?
O prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini (Republicanos), ainda não cumpriu sua obrigação legal de prestar contas na Câmara Municipal do primeiro semestre de gestão. A cobrança consta em requerimento da vereadora Camila Valadão (Psol), que ainda recorda: no ano passado, ele só compareceu no segundo semestre! Repeteco, não dá!

Cadê II?
Nesta terça-feira (28), em resposta ao documento, foi informado que "a prestação irá ocorrer na segunda quinzena de julho". Assim, no vazio, sem qualquer definição de data.

Oficial
O novo prefeito de Itapemirim (sul do Estado), Dr. Antônio (PP), e seu vice Fábio Dagata (PSB) tomam posse nesta sexta-feira (1), às 17h, na Câmara de Vereadores. O início da gestão dará fim – espera-se! – a um longo período turbulento do município, com ex-prefeitos – Thiago Peçanha (Republicanos) e Luciano Paiva (PTB) - cassados e acusados de corrupção.

Nas redes
"Todas as cores, todas as lutas e todos nós juntos! Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, uma data importante para refletirmos sobre direitos e liberdade. Vivemos em uma sociedade realmente justa? Não! E justamente por isso, a gente segue na luta por reconhecimento, todos os dias!". Jacqueline Moraes, vice-governadora pelo PSB.

FALE COM A COLUNA:

Empacado (ainda)

Sem martelo: definição sobre candidatura ao governo do Estado de Fabiano Contarato não sai nesta semana
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/empacado-ainda

Baldes de água fria?

Decisão no impasse PSB-PT tem data: 15 de junho, no máximo! Nacionais defendem aliança, ao contrário dos movimentos registrados no Estado
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/baldes-de-agua-fria

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 16 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/