Sábado, 15 Junho 2024

Júnior Corrêa, vereador de Cachoeiro, tem atrito com Magno Malta no PL

correa_malta_ales_senado Ales/Senado
Ales/Senado

Júnior Corrêa, vereador de extrema direita de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado, está em conflito com o senador Magno Malta dentro do Partido Liberal (PL). Tudo indica que o parlamentar migrará do PL para o Progressistas (PP), onde seu pai, Zezé da Cofril, assumiu recentemente como vice-presidente do diretório municipal, a convite do deputado estadual e presidente do PP de Cachoeiro, Theodorico Ferraço.

Em nota publicada em seu perfil no Instagram nessa quinta-feira (8), Júnior Corrêa afirma que o seu objetivo maior sempre foi disputar o cargo de prefeito de Cachoeiro, mas que "a sua [de Magno Malta] crença de que o PL caminhe sozinho ou com poucas composições nas eleições tornaram os diálogos difíceis e escassos".

O vereador relata ainda que o senador não deu retorno ao seu pedido por uma conversa pessoal, e que o tesoureiro estadual do PL, pastor Carlos Salvador, o questionou recentemente a respeito da foto de uma conversa com o presidente do diretório municipal do partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Rogério Athayde.

"Em torno a tantas dúvidas e incertezas, eu me reuni com atores políticos importantes da cidade para discutir o futuro das eleições de Cachoeiro de Itapemirim em 2024 e reavaliaremos algumas ações e decisões", diz a nota. Júnior se refere a um encontro em sua casa, na quarta-feira (7), com Theodorico Ferraço e representantes do MDB, do Novo e do próprio PP, como a ex-vereadora Renata Fiório.

Há alguns meses, circula nos bastidores políticos locais a informação de que Magno Malta passou a instigar Léo Camargo, colega de Júnior na Câmara de Vereadores, a também se colocar como pré-candidato do PL a prefeito de Cachoeiro.

Segundo informações de uma fonte que acompanha os eventos políticos locais, o senador estaria insatisfeito com movimentos de aproximação entre Corrêa e os Ferraço – tanto o pai, Theodorico, quanto o filho, Ricardo Ferraço (MDB), vice-governador e rival de Magno.

Com Léo Camargo, Júnior Corrêa teria se acertado. Camargo tem dito que o seu objetivo é ser novamente eleito, dessa vez como o vereador mais votado. Entretanto, com a saída iminente de Corrêa, o PL precisará buscar outras soluções para a disputa majoritária em outubro.

Movimentações pré-eleitorais

Conforme se aproxima o período eleitoral, aumenta a oficialização de novas pré-candidaturas a prefeito de Cachoeiro. A mais recente foi a do empresário Wesley Correa (Rede), anunciada na semana passada. Ligado ao Sindicato dos Servidores Municipais de Cachoeiro de Itapemirim (Sindimunicipal), Wesley iniciou diálogos com o Partido Socialismo e Liberdade (Psol), com quem a Rede Sustentabilidade forma uma federação em nível nacional.

A pré-candidatura da Rede Sustentabilidade se choca com os movimentos do ex-prefeito Carlos Casteglione (PT), que vinha tentando conquistar o apoio do Psol e da própria Rede à sua candidatura a prefeito. Apesar disso, Wesley afirma que o diálogo com o Partido dos Trabalhadores (PT) segue "forte".

Já a ex-secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra, migrou recentemente do Podemos para assumir a presidência do Partido Renovação Democrática (PRD). Foi uma indicação do deputado estadual Allan Ferreira (Podemos),

Allan forma o chamado "grupo dos três" políticos que pretendem caminhar juntos nas eleições, com o também deputado estadual Bruno Resende (União) e o secretário de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho de Vitória, Diego Libardi (Republicanos). Libardi, inclusive, declarou que o coletivo se tornou o "grupo dos quatro" com a chegada da ex-secretária.

Márcia foi exonerada em meio às trocas de mais de cem pessoas da administração municipal logo no primeiro dia útil de 2024. O atual prefeito, Victor Coelho (PSB), aliado do governador Renato Casagrande (PSB), buscou substituir quem se opunha à pré-candidatura da secretária municipal de Obras e de Manutenção e Serviços, Lorena Vasques, e acomodar novos aliados.

'Júnior Corrêa é um dos nomes bem-vistos por mim'

Ferraço assume a presidência do PP em Cachoeiro e indica apoio ao pré-candidato bolsonarista em 2024
https://www.seculodiario.com.br/politica/junior-correa-e-um-dos-nomes-bem-vistos-por-mim

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 15 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/