Sábado, 04 Dezembro 2021

Emaranhado eleitoral

audifax_leonardo_sa-7127 Leonardo Sá
Leonardo Sá

Dos nomes que aparecem nas intensas movimentações políticas ao governo do Estado em 2022, somente dois são apontados, por ora, como planos prioritários das nacionais dos respectivos partidos: Renato Casagrande, do PSB, e o ex-prefeito da Serra Audifax Barcelos, da Rede Sustentabilidade. Essa condição pressupõe que o palanque é irreversível, apesar das muitas conversas que nortearão o mercado político até as definições do próximo ano. No caso de Casagrande, não tem como conceber, mesmo, que ele não será candidato à reeleição. O que pega nesse campo são as alianças, principalmente a negociada com o PT, o que já rola há meses, com o governador tentando se manter o mais afastado possível, para evitar respingos antecipados. Já Audifax, não é novidade, se movimenta para todo canto para pavimentar sua chapa, mas integra o grupo do ex-governador Paulo Hartung (sem partido), adversário de Casagrande, e que joga com outras peças no mesmo páreo, como o prefeito de Linhares (norte do Estado), Guerino Zanon (de saída do MDB), e o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (Republicanos). O partido que Audifax comanda no Estado não tem quadros, vai perder o senador Fabiano Contarato, e não atingiu a cláusula de barreira em 2018. Precisa, de fato, recuperar peso e espaço. Mas a composição que sairá daí, ao contrário do cenário definido do PSB, ainda é uma incógnita. Até mesmo porque, o próprio Guerino sinaliza não recuar, assim como Erick investe pesado nas articulações, sem falar em Hartung, eterno cotado a disputas eleitorais, desta vez, com apostas mais altas para o Senado. Nesse emaranhado eleitoral, apesar de a Rede repetir aos quatro cantos que não tem recuo na candidatura, permanece a dúvida: Audifax conseguirá se garantir rumo ao Palácio Anchieta como cabeça de chapa: sim, não, jamais ou com certeza?

Sozinho
Em situação oposta, Guerino Zanon não tem nada de prioridade partidária. Tanto que terá que deixar o MDB para levar adiante o projeto de disputar o governo do Estado. O possível destino do prefeito, por enquanto, ainda é um mistério.

Planos
O Republicanos, de Erick, ainda não colocou prioridade nos estados. Enquanto se movimenta no campo nacional em torno da disputa à Presidência da República e ao Congresso Nacional, a legenda deixou as executivas regionais livres para definir palanques ao governo do Estado. É o que povo daqui tem feito, com holofotes voltados para o deputado.

Vai, não vai
Outro que se movimenta, mas paralelo a esse bloco, embora também seja aliado de Hartung, é o tucano César Colnago. Teria apoio de lideranças da Nacional, mas o próprio ninho capixaba não tem endossado sua candidatura ao governo. O presidente da legenda, deputado Vandinho Leite, inclusive, se alinhou ao governo Casagrande.

Sem abrigo
Para fechar, tem o ex-deputado federal Carlos Manato. Prioridade do bolsonarismo, porque partido mesmo...ele sequer tem ainda!

Bloco um
Aliás, dos 54 deputados da bancada atual do PSL na Câmara Federal, 23 já confirmaram que deixarão a legenda na abertura da janela partidária, devido à fusão com o DEM - União Brasil. Outros 16 permanecerão e nove não responderam. O levantamento, do jornal O Globo, não nomina os parlamentares, mas, quem adivinha em qual bloco está Soraya Manato?

Direções
A deputada, a única do PSL capixaba na Câmara, é bolsonarista e, tudo indica, poderá seguir o presidente no partido ao qual se filiar – hoje o mais próximo é o PP. Além do União Brasil viabilizar um candidato à Presidência em 2022 contra Bolsonaro, Soraya é mulher de Manato, candidato ao governo, e também na espera para se filiar. Mas tem um problema...

Direções II
...O PP capixaba é aliado de Casagrande, quem os bolsonaristas querem abater. Ao mesmo tempo, tem nos quadros o seguidor do presidente, deputado federal Evair de Melo. Não se sabe como ficará a executiva com uma filiação de Bolsonaro, nem se o casal Manato conseguiria espaço. Se não vingar, porém, o PTB já está garantido.

Enfim, o reforço
Após um mês de espera, idosos acamados da região da Unidade de Santa Luíza começaram a receber a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. A Prefeitura de Vitória, enquanto a própria unidade informava aos familiares de problemas com a equipe de enfermagem, simplesmente negava o problema e atraso. Fala sério!

Por falar nisso...
...o governador Renato Casagrande garantiu a sua dose de reforço nesta segunda-feira (18), na Unidade de Saúde de Santo Antônio, em Vitória. Ele tem 60 anos e tomou a D2 da Coronavac há mais de cinco meses, tornando-se, portanto, apto a receber o reforço.

Nas redes
"Criança tem muito o que falar e o que falta para elas é espaço e, para nós, os adultos, é a sensibilidade de ouvi-las. Nos próximos dias, vamos circular pela cidade com mais Comitês para ouvirmos as demandas das pequenas e dos pequenos. #FogoNoParquinho". Camila Valadão, vereadora de Vitória pelo Psol.

FALE COM A COLUNA:

Audifax na estrada

Sem mandato e cotado para a disputa de 2022, Audifax sai das redes sociais e começa a rodar o Estado
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/audifax-na-estrada

Nas internas

Embora com movimentos públicos discretos, Guerino Zanon também coloca gás nas amarrações para o governo em 2022
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/nas-internas-1-1

As andanças de Erick

Presidente da Assembleia amplia movimentações no Estado e indica voos mais altos para 2022
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/as-andancas-de-erick

Manatinho, 'paz e amor'?

Candidato ao governo em 2022, Carlos Manato tenta ampliar aceitação do seu nome para além do eleitorado bolsonarista
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/manatinho-paz-e-amor

Nas ruas

A lista de 2022, por enquanto, só aumenta: Casagrande, Erick, Manato, Audifax, Guerino Zanon e agora...César Colnago! 
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/nas-ruas-1

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 04 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/