Quarta, 12 Junho 2024

Cenário demarcado

audifax_Davitoria_redessociais Redes Sociais
Redes Sociais
O inesperado aceno do prefeito da Serra, Sergio Vidigal, e seu pupilo, Weverson Meireles, ambos do PDT, feito ao adversário, Audifax Barcelos (PP), em março deste ano, pelo visto, vai ficar só por isso mesmo. Ninguém deu sinal, até agora, de que poderia descer para vice em nome dessa composição, numa união de forças contra o deputado estadual Pablo Muribeca (Republicanos). Aliás, muito pelo contrário, como reiterou o presidente do PP no Estado, deputado federal Da Vitória, em entrevista ao programa Política ES, de Século Diário. "Se o prefeito e o candidato dele quiserem votar em Audifax, não tem contraindicação", destacou, ao comentar a possibilidade de diálogo nesse sentido. "A candidatura de Audifax está decidida", completou, apontando que ele "cresce a cada dia nas pesquisas" e "o eleitorado da Serra busca segurança", além de exaltar suas gestões e cravar: "eu acredito que Audifax ganhe na Serra". Da Vitória diz que o ex-prefeito está motivado e entusiasmado e agora "acelerou" o processo, com o evento de inauguração da Casa 11, em Laranjeiras, na última sexta-feira (3). Não há, porém, necessariamente veto na aliança, desde que seja com Audifax na cabeça de chapa. Mas e se Weverson Meireles não se viabilizar até as definições dos palanques, alguma chance dessa aliança ainda sair? A conferir!

Cenário demarcado II
Weverson, como já citado aqui, tem rodado os bairros do município ao lado do prefeito e da ex-deputada federal Sueli Vidigal, para se apresentar ao eleitorado. Já conta, também, com apoio público do governador Renato Casagrande (PSB).

Cenário demarcado III
Audifax, por sua vez, que vinha numa batida mais intensa de críticas à gestão municipal, deu uma segurada na estratégia, enquanto Muribeca segue atirando para tudo quanto é lado na direção de Vidigal.

Em Vila Velha...
...Da Vitória também destacou o nome do ex-prefeito Neucimar Fraga, que apareceu mais recente na disputa e, em pleno momento de articulações, está em viagem ao exterior. "Não perde nada em disputar e tem todo o direito e prerrogativa", afirmou, lembrando de suas gestões municipais e da votação expressiva na última eleição à Câmara Federal – 39,5 mil.

'Esquerda'
O deputado também apontou que Neucimar fez uma chapa forte para o legislativo e não deixou de cutucar, sem citar nomes, o prefeito Arnaldinho Borgo (Podemos), ao rebater que ele seria de centro-direita. Da Vitória sugeriu que deveria ser apresentado um "raio-x" aos eleitores da vida pregressa desses "atores e personagens", que "já passaram por vários partidos de esquerda".

'Esquerda' II
Tanto Neucimar quanto o coronel Alexandre Ramalho (PL), como se sabe, têm feito discursos de que Arnaldinho é o candidato ligado à esquerda em Vila Velha, devido à aliança com Casagrande. A estratégia tenta tirar dele os votos de grande parcela do eleitorado canela-verde, reconhecidamente de direita e conservador.

Juntos e misturados
Em dois outros municípios da Grande Vitória, o PP já fechou parceria e vai indicar a vice: Vitória, com o palanque do prefeito, Lorenzo Pazolini (Republicanos), e em Cariacica, com o de Euclério Sampaio (MDB). Nas duas cidades, Da Vitória garantiu ótimas chapas de vereador. A meta, na Capital, é fazer três cadeiras.

Gente de sobra?
Sobre a vice de Pazolini, disse que as opções somam "mais de uma dezena" e que o diálogo vai ser decisivo para a escolha final. Além da ex-presidente da Findes Cris Samorini, que vinha despontando na preferência, e do presidente da Câmara, Leandro Piquet, ele jogou ao ar os nomes da ex-deputada Soraya Manato e do presidente do PP municipal, Marcos Marinho Delmaestro, e ainda acrescentou que mais gente tem se habitado.

Páreos
Outros palanques majoritários registrados por Da Vitória: deputado Zé Preto, em Guarapari; o empresário Cássio Caldeira, em São Mateus; e a reeleições de Doutor Coutinho, em Aracruz. Em Linhares, o partido vai caminhar com o prefeito, Bruno Marianelli (Republicanos) e, em Colatina, com Guerino Balestrassi (MDB) – neste caso, também pleiteando a vice.

Altos planos
A conta são 12 prefeitos candidatos à reeleição, mais de 30 ao todo, e ainda mais de 20 nomes para compor na vice. Na janela partidária, o PP passou a ter 78 vereadores e a meta, nas eleições deste ano, é dobrar. São nada mais, nada menos do que 800 candidatos.

Nas redes
"Tenho a intenção de governar meu Estado um dia". Da Vitória, sobre 2026 e planos futuros.

FALE COM A COLUNA:  

Retrato atual

Casagrande reforça aliança com Vidigal e marca, por tabela, afago público a Weverson. E o palanque, vinga?
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/retrato-atual-1

Direita em ação

Na Serra, PL mobiliza lançamento de Igor Elson à prefeitura, e Pablo Muribeca gera burburinho com pesquisa eleitoral
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/direita-em-acao

Enredo às avessas

Acenos de Vidigal e Weverson a Audifax criam um cenário intrigante na Serra. Vai explicar...
https://www.seculodiario.com.br/socioeconomicas/enredo-as-avessas

Veja mais notícias sobre Socioeconômicas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 13 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.seculodiario.com.br/